Brasil tem 3,3 mil Pontos de Presenša que usam Internet como telefone
03/02/2007

Segundo o Ministério das Comunicações, o tempo de uso do serviço aumentou de 2.111 para 89.066 minutos, entre dezembro de 2005 e dezembro de 2006. Cada ligação, nesse período, passou a durar 7,7 minutos – eram 4,8 minutos.

“Nos últimos meses tem ocorrido um aumento nessas ligações. A unidade que mais as tem utilizado fica na Ilha de Trindade (ES), a cerca de 1.100 quilômetros da costa brasileira. Como lá não há telefone, não existe outra forma de comunicação por voz ou jeito de acessar a internet – só por meio do Gesac”, informou o diretor de Serviços de Inclusão Digital do ministério, Heliomar Medeiros de Lima.

O aumento foi atribuído, pelo ministério, à capacitação dos usuários dos Pontos de Presença para os recursos de transmissão de voz via internet. A tecnologia, conhecida como VoIP (Voz sobre IP - protocolo de Internet) – transforma sinais analógicos de voz em sinais digitais, permitindo que eles sejam transmitidos pela internet. A principal vantagem é o barateamento do custo das ligações.

Segundo o diretor, eles se encontram em comunidades indígenas e quilombolas, e em escolas rurais. O estado que tem o maior número de Pontos de Presença é Minas Gerais, com 454. Em seguida vêm Ceará, São Paulo e Bahia, com cerca de 250 pontos cada. Roraima, com 22 pontos, tem o menor número desses estabelecimentos.

“Estamos no meio de um processo de licitação para completar 8 mil Pontos de Presença. Com isso, nós os levaremos a todos os municípios do país”, acrescentou Lima. A expectativa do ministério é atender a mais de 6,4 milhões de pessoas.

Em 2005 a tecnologia VoIP passou a ser oferecida nos Pontos de Presença. Além de permitir a comunicação entre os diversos pontos, possibilita receber e fazer ligações para qualquer telefone no país. Não há cobrança de taxas e os responsáveis pelo programa já estudam impor limite para o tempo de utilização, hoje livre

 
<< Voltar